Acompanhamento da proposta

Na cidade do Gama-DF, o membro David propôs a construção de uma unidade de saúde da família e comunidade na zona rural que tem mais de 400 famílias. Os membros da rede acreditam que essa proposta é a mais relevante na área da saúde. Essa proposta tem 2.560𝚽

Note que esse tipo de proposta não é algo que será realizado em duas semanas. Isto requer todo um processo burocrático para acontecer, por isso David escolhe um prazo de 60 dias para discussão.

Nesse contexto o membro Platão argumenta a favor da proposta dizendo deve-se observar e o Programa Nacional de Atenção Básica que delimita (4.4.1 inciso III):

“III - Cada equipe de Saúde da Família deve ser responsável por, no máximo, 4.000 pessoas, sendo a média recomendada de 3.000, respeitando critérios de equidade para essa definição. Recomenda-se que o número de pessoas por equipe considere o grau de vulnerabilidade das famílias daquele território, sendo que, quanto maior o grau de vulnerabilidade, menor deverá ser a quantidade de pessoas por equipe;” 870 𝚽

Tendo respeitado esse critério e talvez outros cabíveis, e findado o prazo para discussão, o candidato Hegel é escolhido entre outros para ser o emissário, isto é, para o membro responsável por acompanhar o andamento da proposta. Hegel encaminha a medida ao poder público, no caso a administração do Gama, para que este se habilite a receber recurso da União para finalidade específica de criação de nova Unidade de Saúde da Família. Uma vez angariado tal recurso, o emissário Hegel acompanhará o processo licitatório da obra, desde a elaboração do termo de referência até a execução, entrega da obra e contratação de profissionais para prestação dos serviços de saúde naquela nova unidade, e em cada etapa deve dar o feedback na rede ganhando 𝚽 em cada etapa do processo. Neste caso ele recebe um total de 8070𝚽 e R$600 pelo serviço prestado.

Após ter terminado todo o processo todos que participaram terão essa conquista no seu painel de conquistas que mostra a quantidade de 𝚽 que ele recebeu pelo projeto. A expectativa é que 70% da receita total da Associação ARG seja distribuída entre os emissários por serviço prestado.